Farmacologia Clínica e Terapêutica Medicamentosa

Estudo da aplicação dos conceitos básicos de farmacologia e terapêutica medicamentosa e sua utilização na abordagem clínica, na prevenção e tratamento. Visa o estudo das ações e dos efeitos dos fármacos e sua aplicabilidade pré e pós-operatória da dor e …

Estudo da aplicação dos conceitos básicos de farmacologia e terapêutica medicamentosa e sua utilização na abordagem clínica, na prevenção e tratamento. Visa o estudo das ações e dos efeitos dos fármacos e sua aplicabilidade pré e pós-operatória da dor e do edema, no manejo dos anestésicos locais e dos vasoconstritores, no controle da ansiedade, na prevenção e tratamento dos processos infecciosos e suas implicações clínicas. Tem como objetivo principal estimular nos estudantes a visão crítica da terapêutica farmacológica, seu uso consciente, seus efeitos sistêmicos, bem como, os riscos de interações e toxicidades. Utiliza a metodologia ativa centrada no estudante e será́ desenvolvida com discussão de casos clínicos das situações mais frequentes encontradas na prática clínica. A abordagem terapêutica com suas consequências será o alvo principal de estudo e sua inter-relação com a harmonização orofacial.

 

Módulo 01 – Farmacologia dos agentes anti-inflamatórios

 

Conhecidos pela humanidade há cerca de 100 anos, os compostos anti-inflamatórios estão entre os agentes farmacológicos mais utilizados na prática médica. Apresentam um amplo espectro de indicações terapêuticas, como: analgesia, anti-inflamação, antipirese, profilaxia contra doenças cardiovasculares.

O processo inflamatório consiste na resposta orgânica mais precoce diante de lesão tissular ou infecção. Este processo fisiológico envolve uma ação coordenada entre o sistema imunológico e o tecido no qual ocorreu a lesão. Diante de um trauma tissular, o acúmulo local de prostaglandinas, tromboxanos e outros mediadores químicos ocasionam a “sensibilização periférica” da dor, que se caracteriza por uma alteração no limiar de nociceptores, com consequentes hiperalgia e/ou alodinia.

Os agentes anti-inflamatórios são importantes instrumentos na prevenção e tratamento da dor pós-operatória. Como droga única, possuem excelente eficácia anti-inflamatória e analgésica na dor pós-operatória leve. Em quadro álgico de intensidade moderada a grave, podem ser usados em associação com outros compostos, como opióides, por exemplo, reduzindo doses analgésicas e a incidência de efeitos colaterais destes compostos.

Conteúdo do curso

Total do curso: 18 aulas / 1 questionário Duração: 48 semanas